MARMELADA BRANCA

A singularidade da Marmelada de Odivelas reside na sua cor clara e fundamenta-se na receita das Monjas do Mosteiro de São Dinis e São Bernardo, registada por D. Carolina Augusta de Castro e Silva, a última Monja, no precioso manuscrito As receitas de doçaria do Mosteiro.

Hoje, a Marmelada Branca de Odivelas é uma marca coletiva registada no Instituto Nacional de Propriedade Industrial. Na sequência deste registo, vários produtores agruparam-se e constituíram a secção de produtores da Marmelada Branca de Odivelas, que em colaboração com a Câmara Municipal de Odivelas têm vindo a desenvolver esforços na definição e caraterização do produto, com especial relevo para a ligação com a história e o saber-fazer.