PERSONALIDADES HISTÓRICAS

Rainha D. Isabel (1270-1336)

D. Isabel fica ligada, tal como D. Dinis, à edificação do Mosteiro de São Dinis e São Bernardo, dedicando-lhe especial atenção no seu testamento de 1314, um dos maiores beneficiários das riquezas da soberana.


Rainha D. Filipa de Lencastre (1360-1415)

É em Odivelas que a rainha se despede de D. João I e dos príncipes Duarte, Henrique e Pedro, entregando-lhes a espada para serem armados cavaleiros, dando o seu aval a D. João I e filhos para participarem na conquista de Ceuta.

Sepultada em Odivelas a 19 de julho de 1415. Passados 15 meses, os seus restos mortais foram transladados para o Mosteiro de Santa Maria da Vitória (Mosteiro da Batalha), por ordem de D. João I.


D. João V (1689-1750)

Dedicou particular atenção ao Mosteiro de São Dinis de Odivelas ordenando várias remodelações, que desvirtuam a anterior simplicidade monástica correspondendo ao aumento da comunidade para 300 monjas. O monarca frequentava o local e manteve relações amorosas com várias monjas do Mosteiro de Odivelas, destacando-se o caso amoroso com Madre Paula.


Madre Paula (1701-1768)

Madre Paula (Paula Teresa da Silva), amante do Rei D. João V, a quem deu um filho, era chamada de ”Trigueirinha”. Viveu no Mosteiro de Odivelas de 1701 a 1768 encontrando-se sepultada na casa do capítulo. Talvez tenha sido a monja mais conhecida do mosteiro.